Educação

Regras do Porque Junto ou Separado – Dicas e Como Funcionam

regras-do-porqueA língua portuguesa muitas vezes é algo um pouco difícil para algumas pessoas, por essas não estarem acostumadas com algumas regras de ortografia e dentre outros contextos que assim definem uma escrita formal e correta. Dentre todos os tipos de duvidas, muitas pessoas não sabem ou até não têm conhecimento das regras dos “porquês”.

O “porque” existe tanto junto com separado, e também com o acento circunflexo. “Porque” junto, “por que” separado, e dentre outras coisas que acabam confundindo as nossas cabeças e isso tudo é uma questão de prática. A língua portuguesa define corretamente quais são os móvitos desses “porquês” estarem colocados de diferentes formas através das regras de entendimento. Não se trata de algo confuso, como dito antes, trata-se de uma prática que deve ser usada, para que proporcione um melhor desempenho na sua escrita.

Existem 5 diferentes tipos de “porquês” e cada um deles representa a sua regra em especial, e também a causa de ser usado de certa forma.

Como Funcionam as Regras do Porque Junto ou Separado

Por que – separado: esse tipo é usado quando são feitas perguntas, como por exemplo: Por que ela está atrasada? Quando o significado desta palavra representa motivo, razão ou causa. Ele também pode ser substituído por: para que, pelo qual, pela qual e pelos quais. Assim como se apresenta no exemplo: Essa é a causa por que (pela qual) luta?

pqPorque – junto: esse tipo é usado quando se dá uma explicação ou causa de alguma coisa, pode ser substituído por palavras como: pois, portanto, já que, uma vez que, pelo fato ou motivo de que. Exemplo: “Gosto de você porque você é sincero”. Esse tipo de “porque” também é usado quando se faz uma pergunta que pressupõe uma resposta afirmativa, como: “Não quer comer porque está sem fome?”

Por quê – separado e com acento circunflexo: esse tipo é sempre usado ao fim de uma frase, seja essa com uma virgula, ponto final ou ponto de exclamação. Sempre que for terminar uma frase, esse será o tipo usado. Como: “Ele não veio e ninguém sabe por quê. Não sei por quê.”

Porquê – junto e com acento circunflexo: esse é um substantivo, ele pode ser substituído por palavras como: motivo, causa, razão, pergunta, indagação. Outra dica importante é que antes desse tipo de “porquê” é sempre usado (o) ou (os). Exemplo: Ninguém sabia o porquê de ele não ter aparecido. Ou como neste exemplo: A pesquisa não desvendou os vários porquês.

São regras e dicas simples que apenas precisam ser decoradas para poder serem usadas em frases, redações e dentre várias outras coisas, que possibilitam á você maior sucesso na colocação dos porquês.

Agradecemos por acessar o nosso site. Não se esqueça de deixar o seu comentário sobre o nosso post e até mais!

Comente Via FaceBook

Comentários

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.