Saúde

Vírus da Febre Amarela – Sintomas, Prevenção e Tratamento

O vírus da febre amarela está atingindo muita gente, fique atento e previna-se. Confira os sintomas a prevenção e o tratamento.

No início de 2017 a febre amarela tem sido bastante divulgada em noticiários, devido ao número de casos registrados deste de que ela surgiu, sendo o maior dos numero dos últimos 30 anos. Devem ser tomados alguns cuidados para a prevenção deste vírus e no caso de contaminação também existem tratamentos. O vírus da febre amarela tem atingido muita gente, tome os cuidados necessários e se proteja. Confira mais a seguir.

A febre amarela é uma doença infecciosa muito grave, causada por vírus que são transmitidos através de vetores artrópodes, que possuem dois ciclos de epidemiológicos distintos de transmissão, o silvestre e o urbano. Nas américas do Sul e Central e em alguns países africanos estão localizadas o maior índice.

Sintomas do Vírus da Febre Amarela

Os sintomas deste vírus são basicamente o mesmo que a dengue e a chikungunya entre eles são, muita febre alta que não passa facilmente, calafrios constantes, cansaço mesmo sem estar fazendo alguma atividade, muita dor de cabeça, dores musculares, náuseas e vômito constante.

Os sintomas persistem por cerca de três dias. Na forma ainda mais grave da febre amarela, podem ocorrer insuficiências hepática e renal, pele e olhos amarelados, cansaço intenso e manifestações de hemorrágicas. Estes sintomas fazem parte da febre amarela em pessoas contaminadas.

Prevenção do Vírus da Febre Amarela

Para evitar passar por este sofrimento que esta contaminação traz, é necessário tomar alguns cuidados, principalmente as pessoas com idade entre 6 meses a 60 anos deve ser tomado uma vacina contra a febre amarela, gratuitamente. Existem duas formas para evitar a contaminação, sendo uma delas, combater a disseminação do mosquito Aedes aegypti, responsável por transmitir o vírus da febre amarela. Resumindo os cuidados são os mesmos para prevenir a dengue, evitar o acúmulo de água parada em recipientes como pneus velhos, garrafas, latas e caixa d'água. Outra dica importante é usar repelente em toda parte do corpo que fica exposta. Beba bastante água durante o dia, cerca de 2 litros.

Tratamento do Vírus da Febre Amarela

O tratamento varia de situação de gravidade de cada paciente, mas em geral é apenas sintomático, com uma assistência ao paciente, que permanece sob hospitalização em repouso, tendo a reposição de líquidos e de sangue, quando assim indicado pelo médico. O tratamento deve ser realizado com um acompanhamento de um médico em uma Unidade de Terapia Intensiva para que os riscos de óbito sejam reduzidos.

Gostou da matéria? Deixe seu comentário, obrigada pela visita e até breve.

Autoria: Thais Natasha

Comente Via FaceBook

Comentários




Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.